Hepatites virais podem evoluir para cirrose ou câncer, alerta infectologista

As hepatites virais são inflamações no fígado que muitas vezes passam despercebidas pelo paciente por serem assintomáticas. Várias pessoas são infectadas pelo vírus e não sabem. No Brasil, as mais comuns são conhecidas por A, B e C, para algumas delas existem vacinas disponíveis na rede pública de saúde.

Os casos de hepatite A são transmitidos pela água e alimentos, já a B é mais comum na adolescência, período no qual o individuo inicia a vida sexual. Usuários de drogas injetáveis, pessoas submetidas ao uso de material cirúrgico contaminado e não descartáveis, lâminas de barbear ou alicates compartilhados têm maior risco de ter o tipo C da doença.

De acordo com o infectologista, Igor Thiago, da rede Hapvida Saúde, o diagnóstico é rápido. Geralmente as clínicas e postos de atendimento fornecem o resultado do exame em poucas horas. “É importante que o paciente seja diagnosticado para que haja um tratamento adequado e o quadro não evolua para cirrose ou câncer”, alerta o especialista.

Ainda segundo o médico, a vacina na fase inicial é uma das aliadas contra à doença. “Apesar das campanhas, há uma resistência dos pais em imunizar os filhos, e isso é fundamental no combate ao vírus”. Até 2030 o Ministério da Saúde quer eliminar a hepatite C no Brasil.

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ENDEREÇO

CONTATO

Tirol Way

Av. Senador Salgado Filho, 1410, - 14° andar |  Tirol - Natal/RN

(84) 3221-0603/3957

(84) 9451- 8005

EMAIL